16 março 2004

caros amigos...

a partir de hoje, o endereço do Quasi Diário irá ser alterado. Por razões óbvias, como o facto de o tráfego passar a ser nacional, o que é conveniente, e a própia oferta ser mais aliciante, passarei a estar alojado no Sapo, nestes endereços:

http://viladoconde.blogs.sapo.pt

http://viladoconde1.blogs.sapo.pt

Desculpem a maçada...

15 março 2004

últimamente...

tenho sido surpreendido com visitas de colegas da blogosfera, e não só, que têm mostrado alguma curiosidade pelo meu blog e colocado um link direccionado a este, o que é sempre uma surpresa agradável, e que não posso deixar de agradecer... A única forma de o retribuir, é colocando um link a esse mesmo blog que, espero, seja útil e utilizado por aqueles que me visitam mais regularmente. Assim sendo, o Blog do Alex passará a fazer parte da minha curta lista de blogs nacionais. A descrição utilizada é interessante e fora do comum, o que só deixa motivos de uma visita frequente a quem se interessa por História e Arqueologia:

"O blog 2 em 1: Generalista, com comentários da actualidade, leituras, Polémicas e Novas Teorias! Específico de Arqueologia e História, incluindo 3 mini-portais de Arqueologia, Genealogia e Antigo Egipto!"

o cartão vermelho...

mostrado pelo povo espanhol ao PP de Aznar ao dar a vitória inesperada ao PSOE nestas eleições, levanta várias questões relacionadas com a integridade moral e até que ponto a mentira deve ser utilizada para obter dividendos políticos. Neste caso, a máxima espanhola de que "a truta e a mentira quanto mais gorda, melhor" veio provar que o povo espanhol não se deixa enganar com facilidade e tão pouco perdoou as tentativas de desinformação relacionadas com o bestial atentado perpetrado, sabe-se agora, por terroristas árabes.

Não que exista pontos de comparação com Portugal, nem é essa a minha intenção. Não há memória de uma situação idêntica, espero que nunca o haja... No entanto, a mentira igóbil utilizada impunentemente pelos políticos dos vários quadrantes, à boa imagem dos países ditadores, em que o povo mantido na ignorância é um povo feliz, é para mim uma prática atroz e contrária aos mais elementares princípios democráticos. Ver um Primeiro Ministro a proclamar aos quatro ventos que a retoma económica já tinha começado, quando na realidade os números agora enunciados indicam precisamente o contrário, é insuportável. Ainda mais arrepiante, é ver Durão Barroso, com a maior cara de pau, novamente querer fazer crer que, afinal, a retoma se irá iniciar este ano, e que os portugueses devem ficar descansados e terem esperança no futuro. Esperança, sim. Mas esperança, baseada numa mentira, é que não. O exemplo de Espanha deve ser esclarecedor e argumentativo entre os pares que se passeiam pelos corredores do poder. Caso assim não o entendam, quem sabe o que pode acontecer nas próximas eleições...

Eu quero saber a verdade dos factos. Tenho esse direito. Pago para isso. Quero saber e ter o direito de poder escolher, sem que mais tarde me sinta enganado. Chega de mentiras. Não quero ser apelidado de ingénuo, tão pouco me importo que o façam. Aqui, na blogosfera, o que mais se escreve é sobre a veracidade das afirmações dos políticos e artigos de jornais, como se de uma prática normal se tratasse...
Não deveria ser assim, é a minha opinião...

11 março 2004

Benfica...

grande capacidade atacante, grande domínio de jogo... Camacho tem efectuado um excelente trabalho e esta noite provou-o frente aos italianos de Milão. No entanto, em termos de concretização, estes lampiões parecem isso mesmo: lampiões... ou sofrem de malapata em relação à baliza, ou têm que ir à bruxa de Azurara cortar o mau olhado... inacreditável, é o que posso dizer.

esqueçam...

a espuma do rio... esqueçam o lodo... esqueçam que o rio é o principal ex libris de Vila do Conde... esqueçam que os estaleiros já não existem, e por isso já não vale a pena olhar para a esquerda quando entrarem na ponte... olhem para a direita, ou não... em frente, o Mosteiro de Santa Clara... esqueçam que o telhado da Igreja de Santa Clara está a cair de podre... que os apelos do Prof José Hermano Saraiva caíram em saco roto. aquando da sua visita à nossa terrinha... esqueçam que o açude ruiu, e ninguém se importa com isso... por essa razão não vale a pena olhar para o lado direito... eu olho em frente, mais própiamente para o elefante que domina o Mosteiro... só para ver se ele ainda continua no lugar... olhem, sabem que mais?!... esqueçam que eu existo...

11 de Março...

É uma data que me trás à memória acontecimentos políticos passados à 29 anos ( puxa, já passou assim tanto tempo!!!). A tentativa falhada do golpe protagonizado pelo General António de Spínola e seus acólitos, que de um dia para o outro passou de "herói nacional" a "conspirador" e "reaccionário", devido a divisões profundas entre os oficiais do MFA. A tentativa falhada levou a que o General Spínola fugisse para Espanha, de onde liderou o MDLP. Na rua, as pessoas gritavam " força, força, companheiro Vasco, nós seremos a muralha de aço". O país parecia dividido, ao que se dizia algures perto de Rio Maior, com os mais conservadores a Norte e os vanguardistas a Sul. São extintos a Junta de Salvação Nacional e o Conselho de Estado, e em sua substituição é criado o Conselho de Revolução. É reforçada a capacidade de intervenção do COPCON chefiado pelo doido e na altura aprendiz de bombista Otelo Saraiva de Carvalho. É efectuada a nacionalização de bancos, seguros e transportes e o peturbado Vasco Gonçalves lidera o famigerado IV governo provisório. Será um período conturbado que conduziu o país a uma situação de pré-guerra civil, e que só viria a terminar em 25 de Novembro de 1976, com o General Costa Gomes a colocar na linha o PCP e os partidos de extrema esquerda, obrigando-os a aceitar as regras do jogo democrático.

malditos...

É para mim de todo incompreensível a insensibilidade com que certos indivíduos, face a um ideal, colocam bombas e as fazem explodir em locais públicos, colocando um ponto final nas vidas daqueles que nada têm a ver com determinadas posições políticas.
Hoje explodiram na cidade de Madrid, em estações de combóios, várias bombas, provocando a morte a dezenas de pessoas que seguiam as suas vidas descansadas e de repente, pelo dedo malévolo de alguém com desprezo pela vida humana, incluindo a sua, carregou num botão interrompendo assim preocupações, sonhos, objectivos...

Lembro que Pi de La Serra, conhecido cantor de música intervencionista basco, um pouco à imagem do "nosso" José Mário Branco, possuía no seu repertório um tema: " Si los hijos de puta volasen no se vería el sol "... Ele lá sabia do que estava a falar...

10 março 2004

Ao percorrer os jornais do dia, encontrei este pequeno trecho...

onde Vila do Conde é mais uma vez notícia, pela negativa, e que passo a transcrever... Não que o não pudesse fazer, ou dar-lhe um toque pessoal. Mas a sensibilidade desta escrita tocou-me, e não me sinto no direito de o alterar:

"Não direi que seja raro o dia, mas é, seguramente, rara a semana em que não aparece notícia de mais uma fábrica fechada ou que pura e simplesmente adia o encerramento não pagando salários. O drama da crise não é ficção e as notícias de meia página nos jornais ou de dois minutos na TV são comoventes e inquietantes porquem expõem aos nossos olhos histórias pesadíssimas de futuros proibidos muitas vezes antes dos quarenta anos.
Ontem de manhã cedo, ligado o televisor, recebi uma dessas bofetadas que nos acordam para a realidade. Uma meia centena de pessoas de Vila do Conde, famílias inteiras em alguns casos, quatro salários e meio em atraso, encontraram a porta da fábrica fechada.

Estamos longe, felizmente, dos tempos que se seguiram à Revolução. Mas temos casos suficientes para que o Governo tome a seu cargo o destino destes concidadãos, não descure a vigilância aos casos de capitalismo selvagem - que também os há - e cuide, sobretudo isso, da formação dos jovens, encaminhando-os para os sectores em que as necessidades da sociedade lhes assegurem um futuro, já não direi estável, mas com menos instabilidade.
Ontem, na tal reportagem, uma das desempregadas lamentava-se que estava em causa o futuro universitário da filha. Não pode estar. E não estará se o Estado estiver atento e for solidário."

José Leite Pereira

09 março 2004

nunca...

deixei de acreditar... como qualquer adepto do meu clube... GRANDE GOLO DE COSTINHA, VIVA O PORTO... e agora, venham mais cinco, YA!!!

04 março 2004

cada vez...

mais fantástico, Moreira dá o tão desejado apuramento para os oitavos de final da Taça UEFA ao Benfica, após uma exibição fora do comum em que o guarda redes benfiquista, numa noite de rara inspiração, defendeu o possível e o impossível ( abre os olhos Scolari dos euros. Ainda vais a tempo de te redimires, velha mula teimosa)...
Agora, o treinador Camacho tem uma missão difícil, que é a de preparar o conjunto dos seus jogadores para defrontar o Inter de Milão que lhe saiu no sorteio realizado hoje em Nyon ( que saudades... ), na Suiça.

03 março 2004

Welcome to the Stadium of Europe...

é a faixa com que qualquer condutor depara à entrada de Portugal, na fronteira com Espanha... e então, os Bienvenido, Bienvenue, Wilkommen, e outras formas de cumprimento aos adeptos de outros países que participam no Europeu?...Só cá jogam os ingleses?

enquanto...

os Alfacinhas apanham uma overdose de música, nós aqui no Norte chupamos no dedo... é sempre a mesma coisa, carago... para assistirmos a um concerto, das duas uma: ou apanhamos um bilhete para os concertos do boçal Rui Veloso, ou da piriquita da Dulce Pontes, ou da recém chegada ao fado e transformada em embaixadora do mesmo (?) Mariza, espectáculos que não ficam para a história, provocam sonolência e são plenos de um sentimento de intlectualismo barato, ou então temos que calcorrear os trezentos e tal km que nos separam da cidade de Lisboa para assistirmos a algo que valha a pena ver. Não há forma de promotores de concertos organizarem qualquer coisinha aqui no Norte, à excepção dos concertos em Vilar dos Mouros e Paredes de Coura, no verão... Por isso, se querem ver o Rock in Rio Lisboa, é melhor dirigirem-se à Fnac no Porto, pois os bilhetes já foram colocados à venda e os dias referentes aos espectáculos do Paul McCartney, Metallica e Sting são os mais requisitados. Mas não contentes com isso, Santana Lopes, que de burro não tem nada e sabe como agradar à maralha do joint, ao contrário de Rui Rio, que conseguiu criar guerras em várias frentes, desde o FCP aos arrumadores, e não consegue ganhar uma única batalha, licenciou mais um cartaz de espectáculos, o Festival Super Rock, não dando tempo à ressaca... Assim, o pessoal do joint não tem que pensar... O cartaz é de cair para o lado: Lenny Kravitz, os renovados Pixies de Francis Black, os incriveis Linkin Park, a simpática Nelly Furtado e a bela Avril Lavigne. Quanto a nós, toca a fazer contas à gasolina, às portagens, bilhetes, dormidas, comes e bebes, etc... etc...

02 março 2004

o Marco de Canaveses de Avelino Ferreira Torres...

pois é... ontem é que fiquei convencido da existência de mundos paralelos... ao ver as entrevistas entrecortadas com os resumos televisivos do muito "padrinho" do Marco, senti-me como um qualquer personagem dos livros de Philip K Dick, em que a realidade se misturava com a ficção, e vice versa... onde estou eu?... alguém me diz onde fica a porta de entrada... ou de saída?... será que Portugal existe mesmo?... ou é um produto da minha imaginação... alguém aí??...

como...

não tenho muito para dizer, nem tão pouco tempo para ler notícias ou fazer cusquices sobre VC, vou falar de música e dos CD's que me acompanham no carro...

- Probot

É um projecto paralelo do ex baterista dos Nirvana e actual líder dos fantásticos Foo Fighters, Dave Grohl... Confesso que nunca fui grande fã da música dos Nirvana, mas gostava da energia do Dave Grohl e da sua forma selvagem de tocar, e foi com imensa pena que o vi mais tarde optar pela guitarra, aquando da formação dos Fighters. Aqui, nos Probot, Dave retorna ( para gáudio meu ), à bateria, e convida para vocalizar a série de 12 temas alguns dos seus vocalistas favoritos da onda trash e metal, que tiveram o seu período áureo na década de 80-90, e que se encontram agora no limbo da música, tais como Cronos dos Venom, Max Cavalera dos Sepultura e Soulfly, Lemmy dos Motorhead, Lee Dorian dos Cathedral e Napalm Dead, entre outros. É um disco do mais puro e duro rock que é possível ouvir, e uma pérola para os amantes do género.

- auf der maur

Primeiro disco a solo de Melissa Auf Der Maur, ex baixista das Hole da muito pedrada Courtney Love, e dos Samshing Pumpkins. É um disco de bom rock'n roll que conta com a participação de James Iha ( ex smashing Pumpkins ). Óptimo para ouvir no carro em viagens de longa distância, de preferência com a fotografia de Melissa estampada no pára brisas.

- Miles Davis - Kind of Blue

É um disco já com alguns anitos, mas sem dúvida intemporal... Acompanhado pelo brilhante pianista Bill Evans, o génio de Miles Davis criou o álbum sobre uma nova concepção, totalmente baseado no feeling, improviso e criação espontânea... A ouvir de preferência em ambientes a meia luz e em momentos de introspecção...

27 fevereiro 2004

finalmente...

o Benfica conseguiu uma vitória a uma equipa de segundo plano, semi profissional... não gritei "golo", mas sim "aleluia"... e até a Ana ficou a olhar para mim... não é muito costume escrever sobre os lampiões, por razões óbvias... mas que o jogo foi divertido, isso foi, e por essa razão merece este destaque...

Destaque maior, não para os jogadores que, segundo o locutor, foram fantasbulosos, mas sim para o treinador Camacho, a bater com a cabeça na cadeira, desesperado.... :)

Nota máxima ao trabalho de Moreira... demonstrou ser um excelente guarda redes, e merecia estar no Europeu... vá-se lá entender as opções do Scolari que, em detrimento do "velho" Baía e do Moreira, vê no baixote do Quim qualidades que mais ninguém vê...

Os meus parabéns para o locutor, do qual fixei algumas tiradas, que considero geniais:

" Nuno Gomes foi antecipado" - (Nuno Gomes foi, como se diz na gíria, comidinho)

"A bola resvalou na relva e saiu pela lateral" - (O jogador do benfica não teve pernas para impedir que a bola saísse pela linha lateral)

"A bola tocou mal no pé do jogador e saiu pelo lado" - (O remate foi mal efectuado e de que maneira)

Urgente é a contratação de um Pedologista que analise as más deformações dos pés dos jogadores... Em 23 remates só realizar um golo, é mais que suficiente para levar qualquer treinador à loucura... não tarda, o Camacho está a comer a relva do estádio...

E, para terminar, parabéns aos lampiões pelos 100 anitos... é uma idade bonita, lá isso é...

26 fevereiro 2004

ontem...

vibrei com o jogo entre o Porto e o Manchester... que jogo... que golos... sublime. Hoje, estou feliz...

retorno a VC...

Os dias passados em Sintra foram dedicados ao descanso e ao reconhecimento da Vila. Do carnaval, nem cheiro... e ainda bem... fui para Sintra propositadamente para fugir aos festejos que o colega Dupont tão bem soube descrever no seu post. Inevitávelmente, todos os anos, devido aos interesses das instituições às quais as minhas filhas pertencem, tenho que as deixar ir nos cortejos, para evitar berreiros e cenas... e invariávelmente, acabo no hospital com elas devido ao frio que se faz sentir nesta altura do ano... por essa razão, este ano acabei com essa história, e as filhotas nem protestaram...

Sintra é linda e vive o presente baseada no passado... pontos de interesse não faltam, e o tempo que lá passei foi pouco para poder assimilar tudo o que ela tem para oferecer... Gostei do Palácio da Pena, de fantástica arquitectura que ainda mantém a quase totalidade do recheio original... Mais desapontado fiquei com o Palácio da Vila, residência de verão dos reis, famosa pelas duas grandes chaminés e azulejos belíssimos, que dá ideia de ter sido completamente despojada dos seus bens, à excepção dos móveis mais pesados e de difícil transporte.

Como prometido às minhas filhas, visitei o Museu do Brinquedo... Tive a oportunidade de conhecer o Sr. João Moreira, o coleccionador, e partilhar com ele a sua visão muito particular do brinquedo e a sua importância no decorrer da história. Trata-se de uma colecção impressionante de milhares de peças, mas a que mais me chamou a atenção foi o exército Nazi, para o qual o Sr. João me alertou para o facto de a personagem de Hitler ser a mais alta da colecção, quando na realidade ele era de baixa estatura... Outro pormenor interessante e macabro ao mesmo tempo, prende-se com o facto de a colecção Nazi incluir folhetos de instruções relativas à aniquilação dos Judeus e de como o fazer... note-se de que estamos a falar de brinquedos destinados a crianças...

Desapontado fiquei com o Museu de Arte Moderna... esperava encontrar algo mais que salas vazias, e não tão pouco do espólio de Joe Berardo... a exposição consistia em peças de arte minimalista e demasiado cinzenta, com trabalhos de pouco interesse artístico ( pelo menos para mim ), excepção feita a um trabalho de Piet Mondrian de 1923. As manifestações artísticas de grande porte eram completamente desinteressantes, só descortinadas pelos dizeres de alguns críticos de arte... mas a Ana, já aborrecida, fez questão de salientar que a arte deve ser dirigida ao povo, e não aos críticos, pelo que abandonamos a exposição...

Visitamos ainda a Quinta da Regaleira, verdadeiro museu de arte arquitectónica... Não dá para explicar: só vendo se pode sentir a magia e a fascinação daquele lugar, que partiu da imaginação do seu propietário, o Manuel dos Milhões, e do arquitecto italiano Luigi Manini, que já tinha edificado o Palácio do Buçaco.

Saí de Sintra com a promessa de retornar brevemente, apesar de tudo ser extremamente caro... foi sem surpresa que na viagem ouvi uma notícia em que a DECO, após um estudo em dezenas de cidades europeias, chegou à conclusão que Portugal era o terceiro país mais caro da Europa... realmente, uma torrada a 2,5 Euros e um pingo a 1,5 Euros dá para tirar algumas conclusões...

20 fevereiro 2004

nos próximos dias...

não vou postar... Vou passar o carnaval à vila de Sintra, e aproveitar o tempo para descansar e visitar alguns museus, sendo que o primeiro será o Museu de Arte Moderna, onde se encontra a famosa colecção de quadros de Joe Berardo, tão injustamente ignorada pela nossa classe política. O segundo será, por imposição das minhas filhas e alguma curiosidade minha, o Museu dos Brinquedos.

tenho assistido...

ao longo dos anos, ao ataque à floresta que acompanha a estrada para a Trofa... sempre gostei daquela estrada, curva contra curva, rodeada de mata luxuriante tendo o Rio Ave como companhia ao fundo, até se perder de vista. Hoje, da mata já pouco resta. Primeiro foram os incêndios de origem indeterminada; de seguida vieram as máquinas que tudo arrasaram; e agora assisto ao crescimento de armazéns e estradas junto às margens do rio... O rio Ave... o rio da minha meninice, de águas lí­mpidas e farto de peixe, que também já não existe... Habituei-me ao longo do tempo, tal como a maioria dos vilacondenses, a vê-lo transformar-se num esgoto de águas poluídas, de cores variadas, de peixes mortos pela contaminação e consequente falta de oxigénio... Ainda ontem, ao dirigir-me para a Trofa, deparei com um manto branco de espuma que corria alegremente para a foz... E eu sou tão culpado como os prevaricadores... Durante anos nada fiz para evitar que tal acontecesse... nem eu nem ninguém... como se costuma dizer, botamos só faladura, e tudo continuou na mesma... E agora leio no jornal:

"Multas Ambientais Podem Ir Até Cinco Milhões de Euros. O Ministério das Cidades já tem pronto um projecto de lei que aumenta substancialmente o valor da coimas ambientais. O mínimo, para uma pessoa singular autuada por qualquer infracção - como uma simples violação à lei do ruí­do -, sobe para 2500 euros. O máximo chega a cinco milhões. A maior parte do dinheiro arrecadado irá para um Fundo de Intervenção Ambiental, a ser criado."

Eu quero acreditar que algo vai mudar, que um dia as minhas filhas poderão acompanhar o pai numa pesca, tal como acompanhei o meu, e tomar banho em águas lí­mpidas, tal como eu o fiz... Quero acreditar numa câmara nova, com outros ideais e visão, de preocupações mais alargadas, que tudo farão para aplicar a lei a quem a violar, doa a quem doer. Mas tudo isto são palavras ao vento... ninguém as vai escutar. Apenas me resta desejar...

19 fevereiro 2004

porque é bom sorrir...

Um dia, Deus, muito insatisfeito com a humanidade e os seus pecados, decidiu pôr fim em tudo. Deus reuniu então todos os líderes mundiais para comunicar-lhes pessoalmente a sua decisão de acabar com a humanidade em 24 horas. Deus disse: "Reuni-vos aqui para comunicar que extinguirei a humanidade em 24 horas". E o povo dizia: " Mas, Senhor..." Nada de MAS, este é o limite, a humanidade vai abandonar a Terra para todo o sempre! Portanto, voltem aos respectivos países e digam ao Povo que estejam preparados. Têm 24 horas!

O primeiro a reunir o povo foi Bush. Em Washington DC, através de uma mensagem à nação, Bush disse: "Americanos, eu tenho uma boa notícia e uma má notícia para dar." A boa notícia é que Deus existe e que ele falou comigo. Mas claro, já sabemos disso. A má notícia é que esta grande Nação, o nosso grande Sonho, só tem 24 horas de existência. Este é o desejo de Deus".

Fidel Castro reuniu todos os cubanos e disse: " Camaradas, povo Cubano, tenho duas más notícias. A primeira é que Deus existe... sim, eu vi-O, estava mesmo à minha frente!!! Estava enganado este tempo todo... A segunda má notícia é que em 24 horas esta magnífica Revolução pela qual tanto temos lutado, vai deixar de existir."

Finalmente, em Portugal, Durão Barroso dá uma conferência de imprensa: "Portugueses, hoje é um dia muito especial para todos nós. Tenho duas boas notícias. A primeira boa notícia é que eu sou um enviado de Deus,um mensageiro, porque conversei com ele pessoalmente. A segunda boa notícia,é que, conforme constava do Programa do Governo e apenas em 24 horas, serão erradicados para sempre o desemprego, o analfabetismo, o tráfico de droga, a corrupção, a pedofilia, os problemas de transporte, água e luz, habitação, nada de burocracia, e o mais espectacular de tudo: O IVA vai acabar assim como a miséria e a pobreza neste País!! O Governo cumpriu tudo o que prometeu!!!"


Li num jornal qualquer...

que a Câmara de VC, ao abrigo do famoso programa Pólis, vai encetar a partir do mês de Abril, as obras de requalificação na zona costeira a partir da praia de Olinda até à fronteira com a Póvoa de Varzim... Há algo que me irrita profundamente nesta câmara e que, na opinião de alguns, não tem qualquer valor ou sentido, mas tem-no para mim... Irrita-me ver placards com fotografias de Vila do Conde antiga espalhados por Vila do Conde... Já uma vez referi os "cogumelos" plantados na zona ribeirinha, e irritam-me os recentemente plantados na zona das Caxinas em frente à praia, e que rodeiam o antigo posto da GNR. Para os mais atentos, é fácil ver que estes já se encontram profundamente estragados, devido ao facto de estarem mais sujeitos às intempéries que se fazem sentir na nossa terra. Porque razão teimam em colocar algo que, além de inestético, ninguém olha e atrapalha a quem passeia por aquela zona?! Espero que no fim das obras, aquela mente iluminada que tanto gosta de placards, não se lembre de plantar mais uma fileira ao longo da costa para fazer companhia aquela que lá se encontra...

O Fantasporto...

vai já na sua 24ª edição e é um dos poucos eventos a registar-se anualmente na cidade do Porto, a par com o Festival de Musica Celta e as actividades da Casa de Serralves. A passar por grandes dificuldades financeiras que impedem, segundo Mário Dorminsky, o seu mentor e director desde o início, por exemplo, as viagens e estadias de realizadores conhecidos, o Fantasporto aposta este ano num programa de qualidade que inclui estreias a nível mundial, e é uma visita obrigatória para todos aqueles, como eu, são amantes do género fantástico e gore do cinema.

Apenas mais uma nota: de salientar a grande resistência de Mário Dorminsky às tentativas de transferência do festival para a cidade de Lisboa. Já não me admirava nada que as Curtas Metragens dre VC sofressem a mesma pressão...

O tribunal de Aveiro...

absolveu a totalidade dos arguidos que estavam a ser julgados pela alegada prática de aborto clandestino... e eu fiquei satisfeito com o resultado, por razões óbvias que se prendem com a desmembração de várias famílias e a incapacidade de julgar o certo do errado, o que me permite uma certa benevolência relativamente a um assunto tão na nossa ordem do dia... O que não quer dizer que se tenha feito justiça...

novo link...

à página da Turtle, pelas palavras simpáticas e interesse demosnstrado pela nossa terrinha à beira mar plantada... Trata-se de um blog que explora várias formas de sentir e de estar, de acordo com o estado de espírito de quem o mantém, passando pela poesia e fazendo incursões ao passado, percorrendo lugares comuns e revivendo lembranças arrancadas do velho baú a um canto encostado...

com o Blitz da semana passada...

adquiri o CD dos "Hipnótica" - Reconciliation, por um valor quase representativo... Foi com alguma curiosidade que o coloquei no leitor de Cd's do meu carro, e é neste momento o meu disco favorito... A música dos Hipnótica é uma lufada de ar fresco no panorama cinzento da música portuguesa... A voz de João Branco, aliado a um gosto peculiar pela música atmosférica com raízes no Jazz, explorado ao máximo pela produção de Wolfgang Schlogl, mentor dos Sofa Surfers e amigo do João, resulta num disco de temas muito belos dentro de um estilo nunca explorado em Portugal... Parabéns ao Blitz pela iniciativa e bom gosto... Obrigado aos Hipnótica pela qualidade da sua música, que tanto prazer me deu...

ainda no rescaldo do Benfica-FC Porto...

estou em dúvida se o jogo a que assisti foi o mesmo a que os meus amigos (e não só) Benfiquistas assistiram. Assisti a autênticas manisfestações de júbilo por parte destes adeptos, e ouvi bocas do estilo "banho de bola", "bailinho", "queda do porto", e sei lá que mais... e fiquei na dúvida: será que vi o mesmo jogo que eles? O que eu vi foi uma primeira parte em que o Benfica não chegou uma única vez à baliza do Vitor Baía, uma segunda parte em que o Benfica jogou 20 minutos, e um resultado que deixou o Benfica a desejar melhores ventos para o ano seguinte... Estou com a sensação de que afinal existem dois canais televisivos: um real que passa o jogo como deve ser, e um virtual que passa o jogo como outros querem ver...

como adepto e apoiante da selecção portuguesa...

o jogo de ontem contra a selecção inglesa provocou em mim um vazio inexplicável, a rondar a quase indiferença... apesar das evidentes melhorias da selecção, os golos continuam a não aparecer e as raras oportunidades são desperdiçadas. Era evidente, no início do jogo, o peso da responsabilidade nos rostos dos jogadores e no treinador Scolari, que precisava de um bom resultado neste jogo para fazer as pazes com os adeptos, cada vez mais descontentes com o tipo de futebol praticado e cada vez mais nervosos com a aproximação do campeonato... No entanto, não posso dizer que tenhamos jogado mal de todo: fomos bons a trocar a bola e em "olés"... Disso não tenho dúvidas...

04 fevereiro 2004

...

passo aqui hoje de fugida pois as minhas preocupações estão em outro lado, e não tenho tido tempo para me debruçar sobre este ou qualquer outro assunto que seja digno de nota...

apenas uma nota futebolística, tipo frase da semana:

" peço ao meu presidente que me liberte no final da época" - José Mourinho ( filósofo )

Apesar de tardia, quero deixar a menção e as boas vindas ao novo blog vilacondense Puro Vinagre, que procurarei acompanhar sempre que possível...

02 fevereiro 2004

como já devem...

ter reparado, à minha direita está um novo link a um blog sobre surf, excelente sobre esta modalidade que é uma das minhas favoritas, e da qual sou um péssimo mas apaixonado praticante de bodyboard... pois é, em Vila do Conde também temos mar e uma escola de surf... a Escola de Surf, aberta à cerca de dois anos, está em pleno funcionamento, e tende a aumentar a sua actividade a partir do mês de Abril... a escola tem a sua sede na Casa do Surf, pertença do meu amigo Zeferino, que foi o seu mentor e impulsionador, e conta ainda com o apoio da Quebra Onda, representante da Lightning Bolt em Portugal...

Todo o tipo de informações pode ser obtido na Casa do Surf, na pessoa do surfista Pedro " Bicho " Ramalho...

Sempre que possível, e desde que seja pertinente, voltarei a este blog com mais elementos surf... :)

finalmente...

não tenho tido possibilidades de postar, nem tão pouco paciência para o fazer, devido ao facto de uma das minhas filhas ter adoecido... felizmente tudo correu bem, e cá estou eu para mais uns bitaites sobre a minha terra...

26 janeiro 2004

alguns pensamentos...

" A cada minuto que passamos com raiva, perdemos 60 segundos felizes."

William Somerset Maugham

" A franqueza não consiste em dizer tudo o que se pensa, mas em pensar tudo o que se diz."

Victor Hugo

"A hora mais escura da noite é justamente aquela que nos permite ver melhor as estrelas."

Charles A. Beard

ontem...

assisti em directo à queda do jogador do Benfica, Miklos Fehér, e veio-me à ideia o quão ténue é a linha que separa a vida da morte... o futebol está de luto... e o Quasi Diário também...

20 janeiro 2004

a banda de...

Vini Reilly, os Durutti Column, visitam-nos à cerca de 20 anos... sempre que pude, assisti a todos os concertos que me foi possível e deliciei-me com a estranha música do Vini, um autêntico mago da guitarra... pelo caminho deixou-nos algumas preciosidades, das quais destaco o fantástico album dedicado a todos nós: Amigos em Portugal... Portanto não percam a oportunidade de rever os Durutti Column no Rivoli do Porto no próximo dia 24... 24??... 24 Hours Party People... :)

e já que estamos...

numa de música, os Grace, banda liderada pelo vilacondense Paulo Praça, finalmente vai ter o seu EP editado com três músicas, encontrando-se a banda a preparar-se para a tourné habitual de stars & bars...

terrakota é...

o nome de um projecto musical com cerca de um ano e pouco... os terrakota lançaram um cd album com o mesmo nome da banda, e tenho a certezinha absoluta de que muito poucos ouviram falar deles... a sua música anda algures entre o ska e o jazz de bolso, e como povo poliglota de que nos orgulhamos ser, eles vão mais longe e inventaram uma algaraviada que ninguém percebe... não que isso seja algo de novo... os Blasted Mechanism já o tinham feito na pessoa de Karkov... e por falar nisso, alguém sabe o que quer dizer "nadabrovitchka"?... pois... bom, pois é... voltando à baca fria, o que mais chateia ler nas revistas da especialidade, é que a música nacional vai mal... eu tenho que discordar... quando uns ilustres desconhecidos, com apenas um disco no bolso e uma publicidade que não ultrapassou a antena3 são notícia de que o próximo disco irá ser gravado no Senegal, nos estúdios do Youssu N'Dour, parece-me a mim de que vai tudo muito bem... não que seja algo de novo... pela cabecinha de muita boa gente passa ainda a ideia retrógada de que o que se faz lá fora é melhor do que o que se faz cá dentro, que os músicos estrangeiros são melhores que os nacionais, que para fazer música africana é necessário ir a África e outras baboseirass do género...lembro os Delfins em África do Sul que nada de novo acrescentaram à sua música, o Luis Represas em Cuba a beber copos com o Pablo Milanes, e o Pedro Abrunhosa nos States com um disco de má memória... pois... nada como umas viagens pagas e umas férias extras... a música em Portugal vai mal???... eu cá acho que não... como diria Karkov: " GAKA "...

assisti ontem ao...

debate sobre a ilegalidade do aborto e um hipotético referendo sobre a sua legalização... o que me foi dado a ver foi, na minha opinião, um debate morno, em que os intervenientes se escudaram em frases feitas e uma agressividade de feira a raiar a falta de educação, e onde a troca de ideias sobre o assunto não passou de uma miragem... com alguma incredulidade, fiquei a saber que as mulheres são todas vítimas e não seres pensantes, e como tal devem ser desculpabilizadas dos seus actos... fiquei também a saber que as sondagens valem aquilo que valem a julgar pelos nºs, em que 63% votam o "sim" à interrupção voluntária sobre a gravidez até ás 10 semanas de gestação mas 46% acham que a vida começa no momento da concepção... pois... afinal em que é que ficamos??... na minha opinião, não me parece que a legalização do aborto venha melhorar seja o que for. Caso o referendo avance e o "sim" ganhe, não estou a ver os Hospitais a ocuparem camas neste sentido, quando se sabe que as listas de espera são enormes... Vão ganhar sim as Clínicas particulares dedicadas, que levarão rios de dinheiro e não estarão ao alcance dos bolsos de qualquer um... não estou a ver uma mulher com dificuldades económicas, ou até com vários filhos, que engravide e se desloque a uma destas clínicas para efectuar um aborto "legal"... acho que o aborto clandestino, então mais baratinho, continuará a efectuar-se de qualquer maneira, independentemente de o "sim" ganhar ou não...
Quanto à especulação levantada sobre as mulheres que foram julgadas por o praticar, e que foram apelidadas de coitadinhas e de vítimas, devo dizer o seguinte.... não me parece que sejam vítimas de nada, a não ser das suas própias acções... como muito bem lembraram os intervenientes no debate, o Portugal de hoje não é o mesmo de à seis anos... a grande maioria dos abortos são efectuados na costa litoral, onde o grau de instrução é superior e o acesso à informação é mais fácil... falamos de uma época em que as pessoas já não andam de olhos vendados nem tão pouco são ignorantes sobre o assunto... numa relação sexual, o risco de gravidez está sempre presente, e quando acontece não me venham dizer que o não sabiam, que eram todos inocentes... há hoje em dia inúmeras formas de prevenção, a ciência evoluiu também nesse sentido, e qualquer mulher que se desloque ao médico de família tem acesso a elas... contráriamente ao que se pensa, a lei existe para prevenção e não para punição... se um indivíduo mata outro por iniciativa própia, já sabe que vai ser punido, ou seja, não cumpriu o princípio da prevenção e portanto tem que se sujeitar à lei... neste caso o princípio é exactamente o mesmo... Discordo sim, do tratamento violento dado a estas mulheres e a mediatização a que foram sujeitas, apesar do cheiro a politiquice barata, sintoma da proximidade de eleições...

16 janeiro 2004

no regresso a VC...

dirigi-me mais uma vez ao Pátio, para comer alguma coisa e dar duas de treta com o Ramiro... o Laninho, amigo de antigas tertúlias passadas em casa do Lisboa, amigo das letras e agora dono da editora Utopia, estava a colocar alguns livros novos no expositor que continha alguns títulos sugestivos como: " Combate de Flautas" de António Cabrita, "Cenas" de Jaques Prévert e "A Cidade de Garrett" de Eugénio de Andrade... peguei no "Livro de Visitas" que se encontra em cima do balcão e que já vai na 2ª edição, e puz-me a lê-lo... este livro contém poemas de todos aqueles que por ali passam e acham que têm algo a dizer, e é possível encontrar alguns bem bonitos, como este...

Ideias não me faltam
para moldar o mundo inteiro
Mas a cerâmica sou eu
e o mundo é que é oleiro


Ser Mendes
Pátio
Março 98


ou este...


Marina és joia ou
não divina
bela
ou divina
Oh! Que sopro sem amizade
respirando.
Oh! Beautiful woman!
Marina,
no ânus conquistado
Há um cheiro desalmado,
ou a rebuçado?!...

Marina
lua matutina,
âmbar
inconsciente
que provoca o par
em resina
de um pinheiro dar
uma pinha eloquente
nasces divina?...
Ou não atina
o amar de um espectro inteligente...


Armando Ramalho
Pátio
Janeiro 98


e ainda...


Sobrevive o mundo
ao palavreado
dos poetas?

Aproxima-se o
primeiro crente.

Façam favor
de preparar as
pedras.


Walter Hugo Mãe.
para o Ramalho
poeta das noites
Pátio
Dezembro 98


e ainda esta pérola...


Pássaros negros que comem pela calada
Comem a dor perdida da sua amada...

Pássaros negros que choram a partida
Choram tristes pela minha ida...

Pássaros negros gritam em silêncio
gritam sós, num único ser imenso...

Pássaros negros vou partir
vou morrer num mar longe daí...

Pássaros negros chorem então por mim
e por toda uma vida que chega agora ao fim...


Carolina
Pátio
Julho 98

invariavelmente...

acabo sempre por tropeçar no Armando Ramalho, o mais prolífero dos poetas vilacondenses, escritor de memórias em caderninhos de bolso de meio cêntimo que dariam a volta ao mundo num ápice, e o mais desprezado dos artistas da nossa praça... e invariavelmente acabo sempre por lhe comprar um dos seus poemas... aí as costas curvadas do Armando endireitam-se e relampeja no olhar a dignidade à muito perdida...

CITY CHILD

If you have loving, you are in the sky,
If you have hating, find you the demon?
I love the sea, without see the hand fly,
You and me... Always the sky of sun...

How can we come love forever, destroy,
Can we find fuck, good love, being son,
After brother, the day in the way, dry,
Take the car, the under moon of land...

Show... The hand colour black Rose,
The colour of the room is blue... We get away,
We believe in brother, we come tomorrow.

Air and Baby life leave me lose,
We want dream, we have Musk, and we may.
The Portuguese people, be just, see the city child...


A. Ramalho
30.12.03

15 janeiro 2004

Bem Bindo Sejas...

à Bila Bloguista, Pai... he he he...

Carago, isto tá a ficar apertado...

e por falar em música...

os irmãos Praça, conhecidos pela banda musical " Turbojunkie " de algum sucesso comercial, encontram-se neste momento a trabalhar num novo projecto, ainda sem nome... entretanto, o mais prolífero dos irmãos, Paulo Praça, multiplica-se em vários projectos, sendo que o mais conhecido são os " Grace " que no passado ano tiveram um interessante percurso, cujos pontos mais altos foram as actuações nos Festivais de Vilar de Mouros e Azambujeira do Mar...

agradecimento ao...

Via Rápida, pela inclusão de um link à nossa página... para os menos atentos, o Via Rápida pertence ao tremendo comunicador e nosso conterrâneo Alvaro Costa, para os amigos Baru, e é uma visita obrigatória para todos aqueles que, como eu, se interessam por música e cinema...

14 janeiro 2004

Povoa do Ave...

Mario de Sá Peliteiro, mentor do Trenguices, simpáticamente e através de email solicitou a minha opinião sobre uma hipotética fusão das duas cidades, e das vantagens daí decorrentes... Bom, eu vivi oito anos em Póvoa de Varzim e gostei de lá viver... no entanto, sempre senti que aquela cidade não era a minha... as pessoas conhecidas não passavam disso mesmo, não me identificava com as festas da cidade e seus costumes, e muito menos com o Varzim FC... e não havia dia que não passasse por Vila do Conde, nem que fosse só para olhar o mar da minha juventude e fazer a promessa a mim própio de um dia retornar à cidade que me viu nascer... ainda vivia na Póvoa aquando do nascimento da minha primeira filha, mas o seu registo foi efectuado em VC... os meus dados sempre permaneceram em VC... apesar de viver num local muito belo, em frente à praia da Lagoa, nunca desisti da ideia de um dia voltar a Vila do Conde... nós temos a nossa própia história e costumes, assim como os poveiros a sua... a união das duas cidades e uma só câmara é, na minha opinião, completamente descabida... a junção das diversas freguesias tornaria o Concelho gigantesco e de muito difícil gestão... aliás, quem o governaria?... penso sim, que ambas as câmaras podem e devem trabalhar em conjunto no sentido de uma maior reciprocidade, o que só traria vantagens para ambas as partes...

Azeite e vinagre não se misturam... já imaginaram o que seria se propusessem a fusão dos dois ranchos, o Monte e a Praça?... Andava tudo à estalada...

12 janeiro 2004

Rio Ave FC

Mais um blog futebolístico ( é o terceiro, suponho ), em prol da defesa das cores da casa, com um visual bastante criativo e irrepreensível...

Força Rio Ave!!!


Não posso deixar de agradecer o link à nossa página, sinal de que os apaixonados pelas coisas do futebol também visitam o Quasi Diário... ;)

e o próximo candidato à...

CMVC será o Miguel Paiva... será??... não faço a mínima ideia, mas os meus colegas da blogosfera fartam-se de postar sobre o assunto, e eu deixo a minha opinião... sou amigo do Miguel à bastante tempo, o suficiente para saber que caso ele decida avançar, será um óptimo presidente de câmara, caso vença... o Miguel tem tido um percurso interessante na política vilacondense e naturalmente, por essa mesma razão, tem sido criticado a torto e a direito... vão alguns pensar: "este tipo, tá-se a ver, é simpatizante do psd." Errado, não tenho nada a ver com este ou aquele partido... penso apenas que existe a oportunidade de mudança, e que esta deve ser agarrada com ambas as mãos... já o disse uma vez, e volto a repeti-lo: não concordo com a indefinição relativamente ao nº de mandatos para a presidência camarária, por razões óbvias... com alguma sorte, um indivíduo apenas pode lá ficar eternamente e tornar-se num pequeno ditador, à escala da terra que governa... mas pensarão uns: " mas julga este tipo que o Miguel será diferente?!"... não sei, não posso prever o futuro... as pessoas, com o tempo, modificam-se... uns para melhor, outros para pior... mas o Miguel, pelo seu percurso e pela sua inteligência, é na minha opinião, uma excelente alternativa ao poder lá establecido...

aproveitei o...

Domingo para passear junto ao rio, na zona dos antigos estaleiros... é um dos meus locais favoritos para passear em VC... ignorei os camafeus lá plantados e subi a rua que dá acesso à do Socorro, uma das mais antigas... tropecei no Jaime Maró, habitante da zona, e eu elogiei a rua e o recuperamento da zona, que salta à vista desarmada... "está tudo muito bem" - disse ele - " mas é tudo por fora, só para enganar... por dentro está tudo podre e a cair". E mostrou-me aquilo que antigamente se designava por loja... tudo podre... o tecto sustentado por barrotes, para não cair... E fiquei surpreso com a minha ignorância... sempre pensei que a recuperação dos edifícios se efectuasse por dentro e por fora e não se limitasse apenas ao exterior das casas... " que diabo"- dirão alguns. "Os propietários que façam as obras no interior... Não tem que ser a câmara a fazê-lo...". Tudo bem... concordo... mas se não o fazem, não deveria a câmara, como instituição, obrigar esses mesmos propietários a fazê-lo??? A requalificação não deveria passar também pelo melhoramento interior das casas??... Se é uma questão de dinheiro, os propietários sempre podem ajustar o valor das rendas, após os melhoramentos... Sempre é preferível a termos um dia que postar sobre o aluimento de casas em mau estado...

06 janeiro 2004

... mais um blog vilacondense

Prosas e Rosas, um blog feminino pela mão de "Maria" e apadrinhado pelo Eduardo A. Silva... que seja muito bem vinda à blogosfera bileira, cinzenta de tanto macho, que iremos acompanhando e comentando na medida do possível... ao lado fica o link para quem o quiser apreciar...

assisti ao discurso do Jorge...

confortavelmente sentado na minha poltrona... mais uma vez assisti a um chorrilho de lamechices e recadinhos para a esquerda e a direita... pela 2ª vez, o Jorge vem a público mostrar a sua indignação por ver o seu nome associado a um caso tão escabroso como o escândalo casapiano... e eu continuo na minha... isto já não vai com calma e moderação, nem com choraminguices... o Sampaio que me perdoe, mas ele que se dedique à pesca...

que me esclareçam os entendidos, mas...

na minha opinião, o relógio gigantesco da praça dos descobrimentos marca horas nocturnas e não diurnas... ou seja, está ao contrário... distracção???

no primeiro dia do ano...

desloquei-me Ao Bom Doce para comprar alguns docinhos que fazem a felicidade de um qualquer comilão... à saída, dei conta da tristeza da praça que intitulam dos descobrimentos... aquilo é realmente feio... a minha esperança é que o ponteiro gigante apodreça de corrosão, deslize para o rio e ali permaneça afundado para sempre... entretanto, lá vai sendo um monumento ao mau gosto...

férias...

merecidas... repousei e adorei estas pequenas mini férias... os que me acompanham aqui no quasi diário que me desculpem a ausência...

23 dezembro 2003

este será...

talvez, o último post deste ano... portanto, só me resta desejar a todos aqueles que visitam este blog e o ajudam a manter, um bom Natal com tudo o que há de melhor e um ano novo melhor ainda... para o ano, cá estarei na expectativa de que VC se torne uma cidade mais cosmopolita, com mais jardins e menos cimento, mais viva e menos deserta, mais capacitada e menos politizada... que os mais velhos e egocêntricos cedam o lugar aos mais idealistas e mais novos... tudo do melhor para VC... para o ano cá estarei para o que der e vier...

22 dezembro 2003

para bom entendedor...

hoje, ao abrir o meu correio, recebi este mail que decidi colocar no meu blog:

Em cada 100 euros que o patrão paga pela minha força de trabalho, o Estado, muito bem, tira-me 20 euros para o IRS e 11 euros para a Segurança Social.
O meu patrão, por cada 100 euros que paga pela minha força de trabalho, é obrigado a dar ao Estado, e muito bem, mais 23,75 euros para a Segurança Social.
E por cada 100 euros de riqueza que eu produzo, o Estado, e muito bem, retira ao meu patrão outros 33 euros.
Cada vez que eu, no supermercado, gasto os 100 euros que o meu patrão me pagou, o Estado, e muito bem, fica com 19 euros para si.
Em resumo: · Quando ganho 100 euros, o Estado fica quase com 55.
Quando gasto 100 euros, o Estado, no mínimo, cobra 19.
Quando lucro 100 euros, o Estado enriquece 33.
Quando compro um carro, uma casa, herdo um quadro, registo os meus negócios ou peço uma certidão, o Estado, e muito bem, fica com quase metade das verbas envolvidas no caso.
Eu pago e acho muito bem, portanto, exijo: um sistema de ensino que garanta cultura, civismo e futuro emprego para os meus filhos.
Serviços de saúde exemplares.
Um hospital bem equipado a menos de 20 km de minha casa.
Estradas largas, sem buracos e bem sinalizadas em todo o País.
Auto-estradas sem portagens.
Pontes que não caiam.
Tribunais com capacidade para decidir processos em menos de um ano.
Uma máquina fiscal que cobre igualitariamente os impostos.
Eu pago, e por isso quero ter, quando lá chegar, a reforma garantida.
E jardins públicos e espaços verdes bem tratados e seguros.
Policia eficiente e equipada.
Os monumentos do meu País bem conservados e abertos ao público.
Uma orquestra sinfónica.
Filmes criados em Portugal.
E, no mínimo, que não haja um único caso de fome e de miséria nesta terra.
Na pior das hipóteses, cada 300 euros em circulação em Portugal garantem ao Estado 100 euros de receita.
Portanto Doutor Durão Barroso, governe-se com o dinheirinho que lhe dou porque eu quero e tenho direito a tudo!

O Português

ao burro do bolas...

Cuidado Ferdyk... eles "andem" aí... he he he...

Agradecimento ao...

Terras do Ave pela simpática referência ao nosso blog no seu Quinzenário...

19 dezembro 2003

O presente de Natal...

de Manuela Ferreira Leite aos contribuintes que não pagam os seus impostos, através de uma carta ameaçando-os com a penhora de bens caso não o façam dentro dos prazos previstos, é para mim motivo de regozijo... finalmente alguém resolveu bater o pé perante a injustiça que se vem vivendo à anos e que tem transformado este país num país de paradoxos, onde as pessoas acham que têm direitos mas não deveres... talvez assim, se todos pagarem e não apenas os trabalhadores por conta de outrem e algumas empresas, então nós pagaremos um pouco menos... e este sim, é o verdadeiro presente de Natal...

18 dezembro 2003

e hoje em Bruxelas...

Sevinate Pinto tem mais uma oportunidade de mostrar o que vale perante Franz Fischler, o dono de todas as águas e do peixe lá contido... inicialmente disse "recusa", e por fim "moderação"... a ver vamos...

Os portuguesitos...

continuam a ser explorados, escravizados, espezinhados, etc, etc... no estrangeiro... desta vez foi na Córsega que detectaram um sem número de portugueses a viverem em condições miseráveis, própias de um qualquer animal de esgoto... esta é uma boa razão para sermos "desconfiados"... ai é, é...

e Portugal vai...

... na mesma... nem melhor, nem pior... a prisão preventiva de Jorge Ritto foi anulada e decretada a sua libertação... o Rui Teixeira deve andar com aquela cabeça a funcionar a 1000 à hora... já não me admirava nada de ver o Carlos Cruz a passear cá fora, ou vestido de Pai Natal... não tarda, quem vai preso é o própio Rui Teixeira...

por motivo de...

obras em ninha casa, fiquei impedido de navegar na net durante algum tempo... e sabem que mais??... até que não foi desinteressante... passei a dar mais atenção à minha família, a brincar com as minhas filhas, a ler um livro, alugar um filme, e um sem número de coisas das quais eu me tinha afastado quase sem dar por ela... pequenas coisas que dão gosto à vida e, quase sem querer, foram gradualmente substituídas por um ecran, um modem e um rato... pois...

09 dezembro 2003

Portugueses desconfiados

Os Portugueses são o povo mais desconfiado da Europa...
Diz um inquérito efectuado em 19 países. Porque será?
Será que somos mais vigaristas do que os italianos,
franceses ou espanhois? Ná. Só temos é mais dificuldades financeiras e menos instrução. Porque de resto resto, os nossos políticos são tão corruptos como os melhores corruptos estrangeiros... Os nossos empresários são tão salafrários como os melhores salafrários que existem lá fora e, porque não, as nossas mulheres são tão castas como as mais castas das mulheres que se vêm lá por fora.
Porque raio é que temos de ser tão desconfiados?

06 dezembro 2003

As Portas da Percepção

Hoje e amanhã actuam no Pavilhão do Atlântico, em Lisboa, a mítica banda "The Doors". O reagrupamento da banda tem dado que falar e feito correr muita tinta... a indignação de uns, para quem a presença dos Doors sem o seu muito pedrado vocalista Jim Morrison é impensável, e por outros para quem a possibilidade de rever alguns temas que nos acompanharam na nossa adolescência não deixa de ser grata... eu pertenço a este último grupo... não me importava nada de estar logo à noite a saltar ao som de Roadhouse blues... apesar de Jim morrison ter feito parte da minha vida, também não desgosto de Ian Astbury dos extintos Cult... por isso, let it roll baby roll... all night long!!!

05 dezembro 2003

Megalómanos qb...

Sou portista... sempre o fui e orgulho-me de o ser... vibrei com as vitórias do meu clube no passado, vivo as presentes e espero um futuro ainda mais grandioso... mas não sou um fanático, e tenho pena de quem o é... o futebol não passa de um desporto que, quando bem praticado, é sublime... como aliás tantas outras modalidades... e é essa a sua beleza... Também acho que grande parte do sucesso do meu pequeno-grande clube se deve ao trabalho apaixonado do Sr. Jorge Nuno, dirigente incansável, largamente experiente e conhecedor de futebol como poucos... só não consigo aceitar a promiscuidade existente entre dirigentes de futebol e polí­ticos... acho inaceitável que uma personalidade como o Jorge Nuno ande a angariar apoios de autarcas nortenhos, que nada têm a ver com o clube, no sentido de o apoiarem na sua recandidatura à presidência do clube, apenas pela simples razão de que estes são desnecessários... O que leva estes autarcas a descerem a este piso?... O que leva o Jorge Nuno a subir este degrau?... Quanto a mim, apenas vejo uma resposta: a mania das grandezas, o alimentar do seu ego, a sua crescente megalomania, que nada tem a ver com os desígnios do meu clube... O Jorge Nuno não é um político, isso é garantido... não foi polí­ticamente correcto o não convidar o Dr. Rui Rio para a inauguração do mais belo estádio de Portugal, o Estádio do Dragão, por meras divergências caseiras com o autarca do Porto... nem sensato não convidar o Presidente da Assembleia da República por este ter multado os polí­ticos que faltaram aos trabalhos na Assembleia para poderem assistir à final da Taça UEFA... afinal, que raio, estes meninos são pagos com o nosso dinheiro para trabalharem em prol do país, e não em futebóis... quanto aos autarcas que decidiram dar a cara, fizeram-no por variadas razões: os mais pequenos, para aparecerem; o do Marco, porque é tolo varrido ( tenho ainda na memória a petulância com que ele desafiou tudo e todos, aquando do seu alegado envolvimento em desvios de dinheiro e favorecimentos pessoais na câmara do Marco); o Luis Filipe Menezes, porque anda com um olho na câmara do Porto e sabe que o apoio do Jorge Nuno é fundamental caso decida avançar com a candidatura; o Narciso Miranda, pela proximidade e conveniência...

Caro Sr. Pinto da Costa, desculpe o tratá-lo por Jorge Nuno, mas é assim que eu acarinho o presidente do meu clube... a minha admiração por si não tem limites... sou também uma pessoa isenta que gosta de futebol , fanatismos à parte... espero continuar a vê-lo no banco, ao lado dos jogadores, nossos heróis do momento... e deixe-se desses pequenos arrufos de vaidade pessoal, que não o dignificam a si nem ao clube que representa... muito pelo contrário...

04 dezembro 2003

leylop

Não resisto em falar nele: é o meu blog favorito, ao qual tive acesso através do Abrangente do Sr. Eduardo Ferreira, na minha modesta opinião um dos blogs nacionais mais interessantes... leylop é uma estudante de arquitectura e uma viajante no seu própio país... as suas fotografias são de uma rara sensibilidade, só comparadas às dos melhores fotógrafos, e dão-nos uma ideia clara do que é a China hoje em dia... para além disso, leylop não deixa de ter uma visão crítica sobre o sistema político comunista, do qual fala abertamente independentemente dos problemas que isso lhe possam trazer, e para os quais já foi advertida inúmeras vezes por visitantes ao seu blog... Vão por mim: vale a pena visitá-la

ZAPPA

Faz hoje dez anos que Frank Zappa deixou este mundo para ir apregoar a sua religião em outras paragens, mais espirituais... Tou-te mesmo a ver, amigo das noites de insónia, a berrares para para o demónio do lado: Shut up n'play yer guitar...

Caso Camarate

Acabei de ler a parangona no Público referente ao acidente de aviação que vitimou Francisco Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa, e que nos diz que o caso camarate aguarda investigações isentas... Isentas??... O que é que isso quer dizer???... Que as anteriores não o foram?...

03 dezembro 2003

País de pescadores?... Pois, já era...

Bruxelas, mais uma vez puxa a brasa à sua sardinha, e propõe a redução de pescado na ordem dos 80%... pois... entretanto, os espanholitos, ao abrigo de um acordo qualquer, conseguiram que a sua frota pesqueira fosse aumentada e autorizada a pescar em águas portuguesas... interessante, a capacidade de negociação de ambas as partes... a continuar assim, qualquer dia, peixe, só no mercado negro...

Construtores e Empreiteiros de calças na mão

Regozijo-me com o diploma que obriga a criação de uma ficha técnica de habitação, com a descrição dos materiais usados e suas características, documento esse que será apresentado no momento da compra de um apartamento, e responsabilizando tanto quem constrói como quem vende. Finalmente termina o período dourado desses empreiteiros de meia tigela, mentirosos de um raio, que vendem gato por lebre... Talvez assim termine a exploração imobiliária que se faz sentir em VC à tantos anos, e o preço dos apartamentos seja de acordo com a merda que constroem...

O Burro do Bolas...

Novo blog bileiro... raistaparta Ferdyk... não sei se não mereces um murro nas bolas... ya... :)